segunda-feira, 15 de setembro de 2014

"UM MINUTO"

video
Na mesa do Excelentíssimo!
Senhor, do convívio, organizador
também estava António Querido
da sua esposa, verdadeiro amor
apenas e só, se fazem favor
num muito vejam o vídeo.
do que perder a vida num minuto
mais vale perder um minuto na vida
todos sejamos felizes neste mundo
com saúde, paz, amor e alegria!
(Eduardo Maria Nunes)

8 comentários:

  1. Vi o vídeo duas vezes, obrigado por teres dado destaque à nossa mesa, prepara-te porque te vou contratar para filmares a guerra do Iraque, se estiveres interessado vai para a fila!

    ResponderEliminar
  2. Animado o convívio.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
  3. Não há melhor convívio do que aquele que se faz à volta de uma mesa!
    Gostei de ver o António e respectiva esposa, estavam muito bem, e vejo que o Eduardo adora filmar!...:-)
    Boa semana para todos!
    xx

    ResponderEliminar
  4. Terás sido serra-fila?
    quando eras fuzileiro
    não estou interessado nessa fila
    toca mas é essa viola companheiro!

    ResponderEliminar
  5. Obrigado amiga Laura, pela parte que me toca, gostaria de a ver no nosso próximo convívio? Porque pelas visitas que faz aos nossos blogs, já faz parte de nós, convide a amiga Elvira e venham fazer parte da festa!
    Com o meu abraço.

    Ps. Desculpa amigo Eduardo, por me ter servido do teu blog para fazer este convite às nossas amigas.

    ResponderEliminar
  6. Deixa para lá isso,
    tens boa opinião
    porque és António Querido
    tocas bem nesse violão...

    Aprovo essa boa intenção,
    certamente, eu te digo
    a resposta vais ser não
    obrigado pela ideia amigo!

    Lagos lá no sul,
    Aqui mais próximo o Barreiro
    no Algarve o céu mais azul
    o marido da Elvira,foi fuzileiro
    da Laura, eu não sei, o marido
    estarem presentes no próximo convívio
    de certeza para ela é bom companheiro
    era bom aceitarem o convite do António Querido!...

    ResponderEliminar
  7. Aaah, muito obrigada, António! Pode crer que teria muito prazer, mas o meu marido nunca foi fuzileiro, nem tropa sequer!...Fez a inspecção militar, mas depois como apanhou o ano de 1974-1975, nunca o chegaram a chamar.
    Mas um dia, se o António ou o Eduardo aparecerem aqui pelas minhas bandas convidá-los-ei para um repasto, e às respectivas esposas, é claro.
    xx

    ResponderEliminar
  8. "Amor com amor se paga", amiga Laura, estou muito honrado pelo seu convite, mas diga-me uma coisa, sem ofensa, não seria mais fácil procurar uma agulha num palheiro do que uma Laura em Portimão? Eu sou brincalhão desculpe, espero que não se zangue comigo!

    Cá vai o meu abraço para Portimão.

    ResponderEliminar