sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

"O PÃO ENGORDA"?

Dizem que o pão engorda! O que engorda é o conduto que se come com o pão. No Alentejo onde nasci e vivi até aos 21 anos de idade. Não me lembro de lá ter visto pessoas gordas. Fossem velhas ou fossem novas.  Cuja a alimentação era feita à base de pão, feito de farinha de trigo.  De manhã uma açorda, ou sopas de beldroegas,  ao meio dia, umas vezes massa com feijão, arroz e batatas, temperado com azeite puro mas pouco. Outras vezes pão e meia dúzia de azeitonas. À noite a ceia era quase sempre papas de farinha de milho. Quando fui para a tropa com 21 anos de idade pesava 57 Kgs.  Todos os dias comia pão e, ainda agora todos dias continuo a comer pão, mas, não é tão bom como era naquele tempo.  Só que agora é sempre bem acompanhado. Com chouriço de porco preto, queijo ou presunto.  Se não fosse esse contudo não pesaria cerca de 70 Kgs?

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

"PARA LÁ DAQUELA ONDA"

Pelo regresso da embarcação,
no cais de onde a vi partir fico à espera
enquanto nas ondas do alto mar navega
num veleiro, a minha imaginação!

Partiu antes do sol nascer,
com a esperança me deixou ficar
para lá daquela onda a vi desaparecer
 ansioso estou para a ver chegar!

 Com saudades sonhando,
dormi toda a noite até ser dia
na sua sinceridade confiando
 pensando que não tardaria?
(Edumanes)

sexta-feira, 22 de novembro de 2019

"SEGURANDO UMA FLOR"

Toda a gente a cantar,
com uma flor na mão
numa viagem especial
para ver o Sol raiar,
com partida às cinco e tal
vamos todos na excursão!

Sem o fim se avistar,
na terra vasta extensão
 ver a paisagem verdejar
vamos todos na excursão!

 Com sorrisos bem condiz,
 alegria e boa disposição
sorrindo, toda a malta diz
vamos todos na excursão!

Do interior ao litoral,
pernoitar em Monção,
do Algarve até ao Minho,
pelos caminhos de Portugal,
passando por  Ovar e Espinho,
Porto, Amarante e Vila Real,
vamos todos na excursão!
(Edumanes)

quinta-feira, 21 de novembro de 2019

"FERIMENTO NOS LÁBIOS"




















Na formatura um soldado põe-se em sentido.

 Meu sargento dá-me licença que vá ao Posto de Socorros. 

Qual é o motivo pergunta o sargento? 

O soldado tenho um ferimento nos lábios. 

Lábios tem o nosso comandante. 

Porque trombas tenho eu e sou sargento!





terça-feira, 19 de novembro de 2019

"AMARELADAS"

A imagem não engana,
cada uma do seu tanganho
 eu vejo na buzaranha
as folhas das árvores voando!

Belas, existem na natureza,
a outras poderão causar inveja
naquelas que se vê mais beleza
algumas, são, levadas da breca?

Quem, facilmente, não se deixa enganar,
porquanto só acredita no amor se for sincero
 podendo com ele a sua felicidade partilhar
 tornando o amor, na sua vida, mais belo!
(Edumanes)

domingo, 17 de novembro de 2019

"TIPICA VILA ALENTEJANA"

Desde pequenina,
por ser como é sente brio
quando lá faz buzaranha
se sente incomodada
no Inverno sente frio
no Verão esturrina,
mas, ela não estranha
por já estar habituada!

Com o seu casario,
caiado de branco
na encosta junto ao rio
Odemira é um encanto!

 Eu a vejo pelo Rio Mira,
ser beijada com trambelho
no Baixo Alentejo, típica vila
Odemira é o meu concelho!
(Edumanes)

sexta-feira, 15 de novembro de 2019

"BOM APETITE"

Muita gente reclama,
por causa das contas certas
enquanto outra gente mama
no pais das descobertas!

Há muito tempo mal cantada,
tenho ouvido essa cantiga,
à conta de quem menos ganha
contas certas há quem diga?

Para dar a quem tem fome,
se tiver sopa de beldroegas
para receber gente pobre,
continua de portas abertas!

Instalada a fatalidade,
 neste pais à conta da pobreza
sendo essa, mesma, realidade
mais prospera a riqueza!
(Edumanes)

quinta-feira, 14 de novembro de 2019

"QUEM TEM CAPA NÃO SE MOLHA"

Da qual, ainda, não sei,
enquanto não for embora
iludido por aqui andarei
à espera da última moda!

As estrelas já tentei contar,
 sem conseguir, mais do que uma vez
  à noite no Céu sem fim se vêem brilhar
tão luzentes  como Deus as fez!

No Céu, a Lua anda a passear,
pelo Sol, sendo, perseguida
 por aqui já vejo nuvens a passar
deitando água a terra ressequida!

O vento forte já soprar,
no friso das janelas zunindo
até dizem que vai nevar
o frio já o estou sentindo!
(Edumanes)

terça-feira, 12 de novembro de 2019

"SUMO DE UVA"

Se for bebido com moderação,
tinto, branco ou rose, mal não faz
terror, morte e destruição
não havia, se onde não há houvesse paz.

Se em vez de fabricarem armas para matar,
dessem à vida das pessoas mais importância
muitas, outras, desgraças se poderiam evitar
porquanto no mundo já existe abundância.

Sendo o sofrimento, tão, doloroso,
não o sente quem aos outros mal faz
o Papa não se cansa de apelar à paz
mas, é mais forte o poder ganancioso.

Melhor para quem no mundo estiver,
será viver em segurança e liberdade
quando em todo o mundo paz houver
duvido que alguma vez seja realidade!
(Edumanes)

domingo, 10 de novembro de 2019

" O FOGAREIRO JÁ FUMEGA"

 Com castanhas e água pé,
está chegando S. Martinho
amanhã, com esperança e fé
vamos recebê-lo com carinho.

Para que haja muito e bom vinho,
na colheita deste anos e outros a seguir
não importa, seja branco ou seja tinto
  a abundância a todos nos faça sorrir.

São Pedro, que não se esqueça,
de água estamos precisando
com sede está sofrendo a terra
 mais no Sul onde está faltando.

Para evitar inundações,
mande-nos só o suficiente
pode sem causar aflições
 contentar toda a gente!
(Edumanes)