sábado, 31 de dezembro de 2016

"UM BRINDE AO NOVO ANO"

Até chegar ao fim da caminhada,
sem pressa por cá vou andando
subi mais um degrau da escada
mais próximo do último ficando!

A mim mesmo pergunto,
se há motivos para festejar
viajando para o outro mundo
sabendo que não vou voltar?

Duma viagem sem regresso,
de viajar vontade não tenho
para do fim ficar mais perto
cortar a meta não pretendo!

Numa exígua carruagem,
 sem portas e sem janelas
para não ver as mais belas
  flores colorindo a paisagem.

 Tocam os sinos no campanário,
cantam o pardal, o Melro e o Tordo
 anunciando, cada um no seu galho
 a chegada de mais um Ano Novo!

O Ano velho está indo embora,
para ao Novo Ano dar lugar
antes do romper da bela aurora
sejam direitos ou sejam tortos
 todos os caminhos lá vão dar,
para quem este blogue visitar
amigas e amigos, para todos
antes desta viagem terminar
eu vos desejo Feliz Ano Novo!
(Edumanes)

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

"CÉU AZUL, SOL BRILHANTE"

Desejo uma tarde boa,
do penúltimo dia do ano
com um abraço alentejano
de 2016, mês de Dezembro,
para que não façam coisas à toa
saúde, paz e alegria sem engano
não se deixem voar no vento!
(Edumanes)

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

"ILUSTRE NAVEGADOR"

No Blogue Número de Matricula,
foi lá que eu li a palavra Olá!
 Nela encontrei o mote
porque, eu sabia
porto seguro encontrará
quem navega não à sorte!

Tintinaine subiu ao cesto da gávea,
ninguém viu em seu redor
não ouviu cantar quem cantava
uma apaixonante canção de amor!

Muito longe não ouvia,
nem, o rufar do tambor
como, também, não sabia
onde estaria o compositor
e o poeta que um poema escrevia
 a ele dedicado ilustre navegador!

Sem dizer ui nem ai,
humilde gente do povo
porque, o Natal já lá vai
mas vem ai o Ano Novo!
(Edumanes)

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

"AO NASCER DO SOL"

As verdades sejam ditas,
 com a boca sentidas no coração
do passado palavras escritas
nas páginas da história estão!

O Natal já lá vai, vem ai o Ano Novo,
nasce o sol para iluminar a natureza
no mundo quem trabalha é o Povo
para sustentar o Clero e a Nobreza!
(Edumanes)

domingo, 25 de dezembro de 2016

"NA HORA DA CEIA"

video
Se me perguntarem onde foi a ceia,
responderei sem papas na língua
foi em Alverca, mas não foi na gare
nenhuma cadela nem bonita nem feia
não apanhei disso bem me lembro ainda
fui para cama cedo, não muito tarde!
(Edumanes)

sábado, 24 de dezembro de 2016

"SAÚDE, PAZ E AMOR"

Só colhe quem semeia,
na noite de consoada,
bom apetite para a ceia.

 Com saúde não há dor,
para bem se estar na vida
haja no mundo  paz e amor!
(Edumanes)

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

"FELIZ NATAL"

Celebrando-se a data de nascimento,
do Menino Jesus filho de Virgem Maria
seja em todo o mundo sem sofrimento
festejado em paz com amor e alegria
 Dia de Natal Histórico Acontecimento!

Este mundo só será perfeito,
se for governado com humildade
por todos com o devido respeito
 seja respeitada a humanidade!

Para de tristeza ninguém chorar,
sentir alegria sem doer o coração
para comer e aos seus filhos dar
 toda a gente, no mundo, tenha pão!

 Saúde, alegria,felicidade,
 com amor no seu coração
para si com sinceridade
em paz, Feliz Natal, desejo
para quem visitar ou não
o Blogue Nasci no Alentejo!
(Edumanes)

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

"NO CAMPUS DA JUSTIÇA"

Notas da escuridão,
onde não há claridade
no Campus da Justiça,
funciona a desigualdade
onde se julgam não é mentira
o ladrão, o corrupto e o assassino.
Se forem ricos compram a liberdade
  não têm se forem pobres perdão
 a justiça indica-lhes o caminho
 cujo o destino é a prisão!
(Edumanes)

domingo, 18 de dezembro de 2016

"ENQUANTO O SOL BRILHA"

Com o perfume de todas as suas flores,
de passagem por este jardim perfumado
no presente não chorando com as dores
rio-me com as recordações do passado!

Antes do sol se pôs escrevo assim,
para este espaço em branco não ficar
 da terra vejo no céu o sol a brilhar
  aqui no mais lindo jardim,
do mundo, plantado à beira do mar!

Para todos aqueles que por aqui passarem, e também para os que não passarem desejo uma boa tarde!
(Edumanes)

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

"O PAI DAS BARBAS BRANCAS"

Parem com a destruição,
não destruam a humanidade,
para que toda a gente tenha pão
não proveniente da caridade!

Semeei-se o trigo na terra,
 não se digam à toa palavras
para que se ponha fim a guerra
não se fabriquem mais balas!

De caridade recebe a ceia,
o povo, trabalhador, explorado
o explorador fala de barriga cheia
neste mundo mal governado!

  Noite da Natal, festa natalícia,
 chega o pai das barbas brancas
carregado de presentes e alegria
de felicidade faz sorrir as crianças!
(Edumanes)

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

"BOTA ABAIXO"


Aqui no pais das facilidades,
onde nem tudo é imperfeito
ditam-se as leis do bota abaixo
 beneficiam-se intimas amizades
em liberdade bestas sem cabresto
os ricos vivem bem do cambalacho.

Onde oportunidades encontrarão,
para o sul, vão a caminho dos Algarves
nas autoestradas conduz-se contra mão
aqui no pais das loucas velocidades!

 Endividado, continua, Portugal,
o poder político esvazia os cofres
a troco do salário mínimo nacional
para os ricos trabalham os pobres!

São as leis que os autorizam a explorar,
aprovadas pelos deputados no Parlamento
barafustam porque mais não querem pagar
os patrões a quem lhe garante o sustento!
(Edumanes)

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

"JARDIM COLORIDO"

Nenhum do outro,
de quem tem muito
 ou de quem tem pouco
 lá no outro mundo!

Com ou sem petisco,
nem o rico nem o pobre
se estará a rir acredito!

Seja gente pobre
ou gente com fartura
com ou sem fome
 ninguém se furta!

A uma viagem certa,
com dores a vida é dura
sem dores a vida é bela
enquanto se labuta!

Na companhia delas,
do princípio até ao fim
com as flores mais belas
neste colorido jardim!
(Edumane)

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

"SEM PROVAS"

Infectada está doente,
com o vírus da corrupção
está a investigar boa gente
na saúde a investigação!

No fogo a progredir,
como arde seca lenha
se defende a mentir
não há quem a detenha!

Enquanto a mentira,
tiver pernas para andar
sem provas a justiça
não a pode condenar!
(Edumanes)

domingo, 11 de dezembro de 2016

"IND'AGORA"

video
Sem saber o que escrever,
estou à espera da última moda
aqui para quem o quiser ver
coloquei este vídeo ind'agora!

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

"PARABÉNS"

Olhando para o Rio Tejo,
aqui na Quinta da Piedade
o Blogue Nasci no Alentejo
faz, hoje, 6 anos de idade!

No fim da era de Sócrates nasceu,
a maldita Tróika veio logo a seguir
por causa da mais louca austeridade padeceu,
todavia,  se o pior já passou, acredita tem esperança
 de que as suas viagens pelo mundo mais poderão evoluir
 se a turbulência não fizer descarrilar a geringonça!
Para comemorar o seu 6º. aniversário,
tem bolo de farinha de trigo sem joio
seguidores/as o meu sincero obrigado
 pelo vosso sempre tão carinhoso apoio!
(Edumanes)

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

"SEM CABRESTO"

Teimosia sem cabresto,
de arrogância atafulhada
não se sabe qual é o segredo
da duvidosa lei aprovada?

No rio uma barcaça,
navega rumo à foz
avante camarada
junta a tua à nossa voz!

  Avante camarada,
na terra nascem as papoilas
sopra o vento na chapada,
das árvores arranca as folhas!

Das nuvens cai água na terra,
pela nossa, sempre, pátria amada
para defendermos o país da guerra
junta a tua à nossa luta camarada!
 (Edumanes)

domingo, 4 de dezembro de 2016

"DO AVESSO"

 Promessas de ilusão,
nas quais não acredito
de que está de boa saúde
diz o primeiro-ministro,
nas suas palavras se ilude
sobre o Estado da Nação!

No Outono as sementes,
semeia-as na terra lavrada
se é que ceara tua pretendes
seja na primavera mondada!

 O calor amadurece o grão,
nas espigas da tua ceara
dentro do peito o coração
como dantes era ceifada
já não é com a foice na mão!

Revirando a terra do avesso,
metem as sementes na sepultura
foram as máquinas do progresso
que revolucionaram a agricultura!

Em plano ou nas encostas,
transitam por qualquer atalho
os homens aliviaram as costas
menos esforço no trabalho!
(Edumanes)

sábado, 3 de dezembro de 2016

"LADRÃO POBRE"

Acusado fui de ladrão,
por num pão ter pegado
fui encarcerado na prisão
sem perdão condenado!

Sem dinheiro, tinha fome,
para comer peguei num pão,
mas, porque era ladrão pobre
a justiça me meteu na prisão!

  Agora sou ladrão rico,
peguei mais de um milhão
posso pegar à minha vontade
de que a justiça, estou convicto
não me manda para a prisão
porque tenho dinheiro, digo
  para poder pagar a caução
e comprar a liberdade!
(Edumanes)

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

"AMBIÇÃO"

Fatigar o coração,
para enriquecer
atrás da ilusão,
nunca pensei correr!

Por isso é que nunca o fiz,
para me furtar da amargura
faço como o destino me diz
abraço a vida com ternura.

 Toda a vida o soube evitar,
com o que tenho me contento
sei que sem asas não posso voar
 fazê-lo, também, não pretendo!

Para não magoar o coração,
sem saber se é ou não tempo perdido,
não me deixo levar pelo rodo da ambição
com cautela sempre tenho agido!
(Edumanes)

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

"REPOSIÇÃO DA LEGALIDADE"

Boa gente tem coração,
má gente é arrogante,
por não terem continuado
com as suas ideias avante
 enraivecidos pela boca estarão
deitando fogo os amigos do diabo,
inimigos desta Mui Nobre Nação,
não queriam o dia da Restauração
que em Portugal fosse feriado!
Saiu o tiro pela culatra da arma,
 de quem com vingança ao povo o fez
 por isso hoje estou rindo à gargalhada
porque sempre fui à minha Pátria
e serei, fiel cidadão português!
(Edumanes)