terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

"NUVENS PASSAGEIRAS"

Para a rua, saí de casa,
levei com ela na fronha
está uma fria nortada,
no mundo vida risonha!

O amor é uma louca paixão,
a guitarra é um instrumento
passam pelo meu pensamento
como as nuvens voam no vento
alegrias sentidas no coração!

Não as vou aqui inúmerar,
só a mim dizem respeito
muito tem de se pedalar
para o pretérito perfeito
do verbo com êxito conjugar!

Nas rectas não se abalroar,
para se esbarrar nas curvas
se no atasqueiro se atolar
seja feliz nas suas aventuras!

Porque escrevo eu a rimar,
pensamentos meus dispersos
não sei quando lá irei chegar
imaginando outros universos!
(Edumanes)

26 comentários:

  1. A nuvem já passou
    Mas tu vais lá chegar
    Se alguém se atrasou
    Que se meta a nadar.

    ResponderEliminar
  2. Se souber porventura,
    essa criatura bem nadar
    feliz será nessa aventura
    se nas ondas não se afogar!

    ResponderEliminar
  3. E com este tanto frio
    Cuidado, não vá à rua
    Venha ler-me com seu brio
    E do meu poema usufrua.

    :)))

    Hoje:- Ecos que deslumbram meu pensamento.
    .
    Bjos
    Votos de uma boa noite

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou ler-te com brio,
      tenho que sair de casa
      para não apanhar frio
      empreste-me a tua capa!

      Eliminar
  4. E assim se escreve boa poesia! Essa é que é essa!! :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa é mesmo é essa,
      sua verdade bem dita
      amiga não tenha pressa
      porquanto, bela é a vida!

      Eliminar
  5. Não há dúvida que és um espectáculo a escrever
    Para toda a palavra consegues encontrar uma rima
    Quando eu for grande como tu eu quero ser
    E se vir uma gaja boa saltar-lhe para cima !

    Vês como também consegui rimar?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grande espectacular,
      no Teatro de S, Carrulo
      também tu sabes rimar
      até de noite no escuro?

      Eliminar
  6. E que belas rimas que encontramos sempre por aqui!

    r: Lá isso é verdade :)

    Boa quarta-feira*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Andreia,
      pela amável visita
      tenha a vida cheia
      de saúde e alegria!

      Eliminar
  7. Agora fez-me recordar a balada brasileira "Eu sou nuvem passageira, que com o vento se vai".
    Conhece?
    Uma maravilha!
    Aquele abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim senhor conheço,
      essa balada brasileira
      a sua visita agradeço
      saúde e notas na carteira!

      Eliminar
  8. Respostas
    1. Nunca falte o guito,
      muita saúde na vida
      caro amigo Francisco
      obrigado pela visita!

      Eliminar
  9. E de rima em rima estás sempre a nos encantar com teus belos poemas caro amigo Eduardo
    Tenha um ótimo dia
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Te agradece o meu coração,
      pela tua, tão, amável visita
      de rima em rima pois então
      obrigado cara amiga Gracita!

      Eliminar
  10. Belos versos e bela reflexão, querido amigo Eduardo!
    Um grande abraço carinhoso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo seu abraço carinhoso,
      eu daqui lhe digo obrigado
      neste mundo tão maravilhoso
      o qual por Deus é abençoado!

      Eliminar
  11. Caro poeta Eduardo,
    bom amigo alentejano,
    essa amizade é das boas
    e entra ano e sai ano
    alegrando as pessoas,
    vir aqui é um dever
    para ser repetido,
    a prosa sempre boa
    e somos bem acolhidos.
    Um abração daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa noite.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depois do seu ler,
      poético comentário
      resta-me agradecer
      dizendo muito obrigado!

      Eliminar
  12. Respostas
    1. A ti minha amiga,
      daqui te agradeço
      pela amável visita
      se é que a mereço?

      Eliminar
  13. Gostei de ler, poeta! Quem me dera ser capaz de assim rimar.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Doutra maneira escrevia,
      se eu fosse, mesmo, poeta
      passava o tempo na festa
      boa noite, saúde e alegria!

      Eliminar
  14. Meu caro e estimado Edu,
    Pensei que foste atleta.
    Depois é que vi que tu,
    És sim, um grande poeta.

    Abraços e muita saúde e paz para ti e para os teus.

    Furtado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa agora é mesmo boa,
      sua visita mais me alegrou
      palavra essa que bem soa
      mas, poeta é que eu não sou!


      Eliminar